Home » Google Ads vai aposentar a métrica “Posição Média” dos relatórios ainda este ano

Google Ads vai aposentar a métrica “Posição Média” dos relatórios ainda este ano

Já haviam alguns sinais, mas agora é oficial: a Google vai acabar com a métrica “Posição Média” nos relatórios em algum momento deste ano (2019). Ela perdeu valor nos últimos anos. Prepare-se para ajustar seus relatórios e sua gestão de contas Google Ads com menos métricas.

A Posição Média já estava comprometida

A Google já havia dado dois sinais claros. O primeiro deles, provavelmente o mais importante, foi quando a empresa adicionou quatro novas métricas de posição de anúncios em novembro de 2018. Elas indicam a porcentagem de impressões e a parcela de impressões que seus anúncios tem no chamado “topo absoluto” da página (o primeiro anúncio no topo, acima de todos) e no topo da página (em algum lugar na parte acima dos resultados orgânicos).

Com essa novidade a Google explicou que a Posição Média, que é uma métrica presente há muitos anos, nunca teve o objetivo de mostrar onde seus anúncios estavam sendo exibidos na página: a idéia era mostrar a ordem em que seu anúncio aparece comparado a outros anúncios no mesmo leilão.

Pallavi Naresh, Gerente de Produto da Google Ads, disse ao anunciar a mudança: “Essas novas métricas darão uma visão muito mais clara da sua proeminência na página do que a Posição Média dá.”

O segundo sinal que a Google deu foi quando adicionou a métrica de relatório “Parcela de Cliques” às campanhas de busca no começo deste mês de fevereiro. Antes já havia acrescentado Parcela de Cliques às campanhas de Google Shopping (onde não havia nenhuma métrica de posição) para dar aos anunciantes informações que estavam acostumados a obter a partir da métrica Posição Média nas campanhas de busca.

Prepare-se para mudanças nas suas campanhas Google Ads

Os anúncios de busca estão em constante mutação. Mas aqui temos uma grande mudança: a Posição Média faz parte das métricas competitivas há mais de 15 anos. No entanto, depois que os anúncios da coluna da direita foram retirados, a sua utilidade caiu bastante nos últimos anos.

Agora o que todos nós – gestores de campanhas Google Ads – temos que fazer é readaptar nossas estratégias de lance, relatórios e todos os outros aspectos de gestão de campanhas que contam com a Posição Média, antes de que ela não esteja mais disponível.

error: Conteúdo protegido!